Rascunho versos. Neles, sentimentos.

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

GOSTO DE CURVAS




Gosto de falar sobre curvas.
Não das sensuais mas
as de vida
e suas surpresas circunstanciais.

Curva de estrada,
curva de rio.
Não gosto de retas
percorrem-me calafrios.

Uma caminho reto representa
 tédio e monotonia.
Prefiro a surpresa de um
contorno,
mesmo que sombrio.

A descoberta  improvável,
a sensação do desafio.
Isso me tira do sério:
acertos e erros em novos caminhos.

©rosangelaSgoldoni
06 02 2011
RL T 2 776 749

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!