Rascunho versos. Neles, sentimentos.

domingo, 22 de maio de 2016

SORRISO DISCRETO







Planava em busca das suas verdades
pois as inverdades sorriam incontestes.
Precisava livrar-se do peso das armaduras
que o protegiam no dia a dia.
Deixou-se levar pelo vento
atento às coisas do céu e da terra,
(in)finito cinza ou azul firmamento.
Despiu-se dos fardos inúteis,
acordou imune
às tolices e insanidades.
Um segredo discreto escorria entre os lábios.
Sorriu!
 
Rogoldoni
22 05 2016
RL T 5 643 918

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!