Rascunho versos. Neles, sentimentos.

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

CHÃO DE AMORAS





Pisava sobre o chão de amoras
que assoalhava a grama.
Delicados bordados violáceos
tecidos em graças de comemorar
proximidades de primavera.
Deitou-se à sombra da amoreira,
olhos voltados ao céu.
Percebeu que o balé da vida
vai além das estações.
Regido pelas emoções,
as cores ultrapassam primaveras!
Adormeceu em paz!

©rosangelaSgoldoni
03 09 2015
TF SMM
RL T 5 374 446

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!