Rascunho versos. Neles, sentimentos.

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

ONDE O VENTO FAZ A CURVA




Ali,
onde o vento faz a curva,
curvei-me à liberdade...
Recolhi-me com as andorinhas
em tempo de acender estrelas.
Acordei nos braços do sol
ouvindo um sussurro discreto:
o cantar dum rouxinol
festejando amoras e ameixas
que pendiam coloridas
num certo canto do jardim.
Desabrochei em flores de laranjeiras,
ali,
onde o vento faz a curva.

©rosangelaSgoldoni
20 08 2015
TF SMM
RL T 5 354 863

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!