Rascunho versos. Neles, sentimentos.

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

AMOR RESIDUAL




Fomos
assim
tão
carentes,
tão
amantes,
instantes,
apogeu...
Por onde se perdeu o nosso caminho?
Naquele DVD engasgado
que a vida nos ofertou como brinde?
A nossa música desafinou
ou desafiamos o “nós”
sem fundamentos de amor?
Somos
assim
tão
carentes,
tão
reticentes,
mas,
frente a frente,
resíduos
e algum tremor.

©rosangelaSgoldoni
25 02 2015

RL T 5 344 386

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!