Rascunho versos. Neles, sentimentos.

quarta-feira, 6 de maio de 2015

MÃE QUE É MÃE POR INSTINTO




É amor
no primeiro sugar o peito;
na primeira cólica;
no primeiro tombo;
na primeira dentição;
no primeiro dia de aula...
Mãe que é mãe por instinto é amor
nas primeiras amizades;
no primeiro deslize;
no primeiro namoro;
no primeiro vestibular
e outros, se houver;
na formatura;
no primeiro emprego;
na idade adulta;
acolhe genros e noras...
Mãe que é mãe por instinto,
ciente dum falso sequestro, *
refaz-se poesia indolor.

Este poema é dedicado
a todas as mães por instinto que não se esvaziam de amor
quando descobrem que o filho,
por mãos, talvez do destino,
traduz-se em delinquente/infrator.

©rosangelaSgoldoni
05 2015
RL T 5 231 040

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!