Rascunho versos. Neles, sentimentos.

domingo, 12 de janeiro de 2014

PRELÚDIO VESPERTINO



PRELÚDIO VESPERTINO

Do alto de sua pompa,
recepcionou-me assim:
despida de vaidades,
vespertina claridade,
reinventando novidades
na monotonia do sem fim!

©rosangelaSgoldoni
11 01 2014
RL T 4 646 562

3 comentários:

Seu comentário será bem-vindo!