Rascunho versos. Neles, sentimentos.

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

CÉU E BOCA




Céu e Boca

gota
a
gota,
céu e boca,
pantagruélico
paladar.
gargantua,
força bruta,
contraturas
a
desprezar:
do amor sem armaduras
às cortesias medievais.
impor-se ao amar restrito
é navegar e naufragar no cais.

©rosangelaSgoldoni
31 10 2013
RL T 4 624 151

sábado, 21 de dezembro de 2013

UM CERTO FINAL DE PRIMAVERA





Retomo a caneta em repouso.
Três, cinco anos, não sei ...
Retorno partida, quebrada e vazia
mas firme nos meus passos.
Caminho sozinha,
enfrentando ventos contrários.
Procuro não olhar para os lados,
sigo em frente: não pretendo recolher cacos.
Batalhas, vencidas ou perdidas,
acima de tudo, sobrevividas.
Queria o sim,
vivi o talvez,
cheguei à solidão:
sem medos, enfrentando pesadelos..
Não sei se isso é paz,
percebo que, de  alguma forma, me atrai.
São poucos os planos,
apesar do desânimo,
sou dona de mim!

©rosangelaSgoldoni
07 12 1998
RL T 2 716 026

SABOR DE PISTACHE



SABOR DE PISTACHE

Eu
gosto
do
teu
gosto.
Um sabor de pistache
com calda de chocolate.
Nem sei se combinam
mas aí que reside o charme.
E quando te aproximas
estendendo-me a mão,
transformo-te em sobremesa
consumo até a exaustão.

rosangelaSgoldoni
04 04 2011
RL T 2 895 937

O SONHO É ALIMENTO




O Sonho é Alimento

Não se desgaste com o futuro,
Ocupe-se do presente.
O hoje é o que se tem de seguro,
amanhã, possibilidade latente.

São tantas as reviravoltas
que a vida nos apresenta!
Não alimente a revolta
e tenha sempre em mente:
o passado não retorna,
aposte no hoje, somente.

Mas não deixe de sonhar,
o sonho é alimento
que pode se realizar
independente do momento.

rosangelaSgoldoni
13 12 2010

RL T 2 695 315

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

JESUS DE NAZARÉ







JESUS DE NAZARÉ

Eis que o menino,
(homem distinto
entre seus pares),
tornou-se o emblemático
sinônimo de paz!

Feliz aniversário, Jesus de Nazaré!
Feliz Natal aos homens de fé!

©rosangelaSgoldoni
16 12 2013
RL T 4 613 654

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

DEZEMBRO: ABERTO PARA BALANÇO




Gangorras ultrapassadas,
balanços são inevitáveis.
Conferem certo conforto
aos incômodos e enjoos que
nos surpreendem no
Grande Parque
da Vida.
Balançando os dias,
sacudimos o arquivo da memória,
separamos o impuro da história,
resguardamos as melhores emoções.
São presentes definidos, trajetórias
seletivas de carinho e amor.

©rosangelaSgoldoni
13 12 2013
RL T 4 611 127

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

ALMOÇO E JANTAR



ALMOÇO E JANTAR

Você,
de tantos sabores,
faces plurais,
jogos sensuais,
abre meu apetite.

A dieta reclama
mas não faço drama.

Só quero na cama
você na bandeja,
almoço e jantar.

rosangelaSgoldoni
10 04 2011
RL T 2 899 746

FLOR DO PECADO



FLOR DO PECADO

Partiu.
Rasgando o chão da estrada,
alimentando o tempo e a espera
num momento de indecisão.
Voltou!
Trazendo um sorriso nos lábios,
aroma de flor do pecado,
rompantes de amor e paixão.

Despedida intempestiva
a salvo de solidão!

©rosangelaSgoldoni
07 12 2013
RL T 4 602 052

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

[RE]VISÃO DE ROTINA





[RE]VISÃO DE ROTINA

Rotina não!
Cacofonia que reverbera
nas profundezas da [in]consciência.
Processo contundente,
fragmentos incandescentes
nos [des]caminhos da cognição.

Abro portas ao futuro
e lanço-me pés descalços.
Não me ocupo das  [Iim]previsibilidades.
Meu tempo insiste em regozijar-se:
faz planos sem autorização.
Vidraças estilhaçadas
reconfiguram-se estradas e borboletas
prontas a me seduzir.

Rogoldoni
17 08 2013
Revisada em 07 08 2014
RL T 4 608 534

sábado, 7 de dezembro de 2013

COISAS DO TEMPO





COISAS DO TEMPO

Não me estranho frente às cãs
que hoje teimam
renascer em meio à tinta,
senhora distinta,
que mantém,
naturalmente,
um ar de dignidade.
Mas surpreendo-me quando
percebo nos filhos e seus amigos,
grisalhos entrelaçados por entre as madeixas,
antes fartas,
agora acanhadas.
Coisas do tempo
que não aceita argumentos,
não tem preconceito,
só cartas marcadas!
Melodia de amplitude definida e
pelas mãos de Deus afinada.

©rosangelaSgoldoni
08 12 2013
RL T 4 603 225

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

BASTIDORES





BASTIDORES

adormece o tempo
saudade atemporal
transitam banalidades
estio festival
sentimentos condutores:
ATORES!
comédia desumana
história sem catarse,
máscaras e disfarces,
ensaio eventual
humanos sonhadores:

BASTIDORES!

©rosangelaSgoldoni
17 10 2013
RL T 4 600 648

UM BRINDE À POESIA DEZEMBRO 2013


domingo, 1 de dezembro de 2013

DEZEMBRO





Que venha dezembro grávido de esperanças!
Gravidez a termo
(trinta e um/primeiro),
à luz de fogos de artifício
e promessas
de sorrisos de crianças!

©rosangelaSgoldoni
01 12 2013
RL T 4 594 712