segunda-feira, 18 de maio de 2020

UM TEMPO FELIZ






Era tão pouco tempo
que não dava tempo
do tempo passar.
Quando se dava conta
era passo contado
num sonho a guardar.
Fazendo de contas
contava estrelas
no céu a luzir.
E ao tempo contado,
deitado ao lado,
agradecia a sorrir.
Deu-se conta de que fora feliz!

©rosangelaSgoldoni
17 05 2020
RL T 6 951 222

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!

MEMÓRIAS E INFÂNCIAS

Brigou pelo não ser enquanto subia em direção ao estômago da mãe. Talvez pretendesse esquivar-se da luz que a aguardava. Não ad...