domingo, 12 de janeiro de 2020

SARAU DA FAZENDINHA (PARA JÚLIO NO SEU PRIMEIRO ANO DE VIDA)



Meu coração anda assim:
derretido,
enternecido,
numa floração de sentimentos desconhecidos
e intensos.
Pulsa forte!
Toada de viola em lua cheia
onde o tempo
une-se ao vento
para varrer e desidratar
algumas partículas de mágoas subjacentes.
Há um olhar inocente a seduzir o poeta.
Sem amarras,
apenas abraços e carinhos descomplicados de amor.
Júlio neto
seria março
mas escolheu janeiro
para nos surpreender com o seu sorriso
acolhedor.                                             

Vó Rô 13 01 2020
RL T 6 839 984

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!

VIDA EM METAMORFOSE

Aprendera a esquivar-se das esquinas da vida onde os espantos a surpreendiam sem testemunhas oculares. Pesares idos e vivi...