Rascunho versos. Neles, sentimentos.

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

NOSSAS ESTRADAS


Desci pela estrada sozinha,
na curva seu olhar me esperava,
o que seria alegria
revelou-se em novo por quê.

Todos percorrem estradas,
as minhas tão viciosas...

Fujo, percorro atalhos,
a vida não quer entender;
faz-me retorno em compasso
aos caminhos que levam a você.

Um dia, quem sabe, um balão,
alcance estradas no céu;
altitude afinal, proteção,
nosso olhar descruzado em paz!


©rosangelaSgoldoni
08 01 2010
RL T 2 775 906
Revisado em 09 08 2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!