Rascunho versos. Neles, sentimentos.

terça-feira, 30 de agosto de 2016

MOLECAGEM



Não sou triste nem alegre:
sou moleque!

Tristeza me angustia:
quero anarquia!

Grito bem alto: socorro!
Me escondo!

Surjo sempre do nada:
isso me agrada!

A vida é uma grande sacada:
damos graças!

©rosangelaSgoldoni
04 05 2009
revisado em
30 08 2016
RL T 2 546 139


SENTENÇA



quinta-feira, 25 de agosto de 2016

MEIA VOLTA, VOLVEU!



Bateu em retirada
desconcertado
por não saber o que escrever.
A emoção
enclausurada
negava-se ao verso
ensimesmado.
O poema
entristecido
solenemente rendeu-se
ao nada imaginário! 
Volveu-se às entranhas do universo das palavras
em busca d’alguma inspiração.

©rosangelaSgoldoni
23 08 2016

RL T 5 739 921

sábado, 20 de agosto de 2016

RIO 2016 ... SONHO QUE ABRAÇA!





Preparação
Incertezas
Dores de cabeça
(In)seguranças.
Dias de sol,
De chuva,
Ventania.
Viola,
Caetano, Gil,
Jobim, Gisele,
Benjor.
“Isso aqui, ô ô”...
Bandeiras!
Lágrimas,
Sorrisos,
Gritos!
Selfies.
Ouro,
Prata e
Bronze!
Superação,
Revelação,
(Des)equilíbrios.
Solidariedade.
Retornos,
Saudades!
O Rio de Janeiro continua lindo!

OLIMPÍADAS RIO DE JANEIRO 2016
©rosangelaSgoldoni
20 08 2016
RL T 5 734 751

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

RELAÇÃO ABERTA



Essa
Tal
De
Relação
Aberta
É
Um
Sufoco!
Abala
As
Estruturas.
Haja
Alicerce
e
Reforço!


©rosangelaSgoldoni
20 03 2011
RL T 2859 163



segunda-feira, 15 de agosto de 2016

AH! Menino...



Seu jeito menino agrada,
alimenta a minha paixão.
Tal sentimento deflagra
delírios em profusão.

©rosangelaSgoldoni

25 03 2009
RL T 2 526 725

domingo, 14 de agosto de 2016

RETOQUE FINAL


Espreguiçava-se naquela manhã de sol.
Sentia a pele dourada e
as entranhas aquecidas.
Fechou os olhos ao primeiro cantar dum passarinho,
viajou na brisa leve que passava ao acaso.
Experimentava um momento de paz transcendental.
Despediu-se do frio daquela ausência
que semeava por sobrevivência.
Hoje,
apenas uma tela na memória
em fase de retoque final.

©rosangelaSgoldoni
12 08 2016
RL T 5 728 735

terça-feira, 9 de agosto de 2016

ÊXTASE DA VIDA




Cansada de silêncios fartos,
voos rasantes,
olhares discretos,
sabores sem intenções,
invocou ninfas e pã,
mística pagã e suas gentilezas.
Hipnos volteou à cabeceira.
Suspirou por todos os poros.
Acordou para o êxtase da vida!

©rosangelaSgoldoni
20 05 2016
RL T 5 723 941

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

NÉCTAR DA VIDA


Vou à luta, vou à vida,
sou doce como limão;
diante da mão amiga
amargo tal qual melão.

Brinco contradições,
jogo com as palavras.
Mas falando de verdades,
sou vindima de boa lavra.

Meus erros não ignoro
nem vivo a destilar fel,
no dia a dia repasso
o néctar de um bom mel.

Tento, exercito, ensaio
a Luz com ritual!

Rogoldoni
21 12 2010
revisado em
08 08 2016

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

REENCONTRO DE ASAS



Volta ao ninho.
Reencontro
borboletas
e
a passarada
logo a me rodear.
Cirandas
do bem viver,
bem querer,
bem sonhar!
Um toque de flores
resgata sensores adormecidos.
Onírico
e
realidade
confundem-se
num arco-íris de
(re)descobrimento interior!

©rosangelaSgoldoni
01 08 2016
RL T 5 718 326