Rascunho versos. Neles, sentimentos.

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

ESPERO!



Sento,
Levanto,
Vou ao portão,
Apago a luz:

Espero!

Um gole de cerveja,
Acendo o cigarro,
Canto sozinha:

Espero!

Troco o CD,
Dou replay
Já nada sei
do que eu quero:

Espero!

Lucidez?
Estupidez?
Embriaguês?
Não sei,

Só sei que te espero.

©rosangelaSgoldoni
09/11/2008

RL T 2 440 597

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!