Rascunho versos. Neles, sentimentos.

terça-feira, 11 de março de 2014

[A]BRAÇOS NUS



[A]BRAÇOS NUS

Agita-se a natureza
quando chegas aflito
implorando por um sorriso,
em busca do ar que respiro.
Cometas invadem nossas bocas,
chocam-se numa rota louca
desafiando o ponderável.
Pássaros noturnos conduzem-nos
ao éden,
onde,
seduzidos pelo eterno,
a loucura nos devora.
Corpos suados sobre a relva,
capim cidreira, flor de laranjeira,
olhos a vagalumear...
Nós,
[a]braços
nus,
embebidos em névoas,
sorrimos ao amanhecer.

©rosangelaSgoldoni
01 03 2014
RL T 4 725 082

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!