sábado, 21 de maio de 2022

SONHOS E POSSIBILIDADES


 

Temos um reencontro marcado sem agendas.

Vens através dos ventos redobrados em açoites que me

trazem às faces renovados rubores.

Recebo-te de braços abertos,

taça à mão,

um vinho tinto de um bom tempo

e saudades adormecidas no porão dos sonhos.

Entre a brisa de maio e o inverno de junho,

és o frio que visita minha alma,

vezes calma,

outras,

 furacão entre pensamentos adormecidos.

Achega-te!

Despe da embalagem o edredom guardado

para que me aqueça nessas noites geladas que avançam pelas esquinas.

Quem sabe os sonhos fujam do porão e retornem ao campo das possibilidades...

 

©rosangelaSgoldoni

18 05 2022

RL T 7 520 863


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!

ENTRELAÇOS DE INVERNO

  A noite debruçava-se sobre eles. Estrelas resplandeciam naquele céu de inverno. Copos, estrada de chão, duas vidas sem perdão ...