domingo, 30 de agosto de 2020

VIAGEM AO CENTRO DO NADA (Antologia Sem Fronteiras pelo Mundo vol. 5 2020)


O translúcido daquele verde-esmeralda ofuscava sua razão.
Preferiu recolher-se aos mares da insanidade que o rodeavam
nas noites de exaustão em delírio.
Suores à parte,
o martírio repetia-se em sonhos num pulsar de ilusões.
Em tempos de superficialidades,
profundo seria inapropriado,
até mesmo inconveniente,
quem sabe impróprio ao seu mergulho
num abissal de amor.
Desprotegido,
sufocou-se nos suspiros do sal das lágrimas,
marinas apáticas,
cais das lamentações.
Despertou a tempo de reencontrar-se além do horizonte
numa desconcertante viagem
ao centro do nada.

©rosangelaSgoldoni
13 04 2019
RL T 7 049 739







segunda-feira, 24 de agosto de 2020

(IN)CERTEZAS



Perguntava-se, não queria supor,
se juntos poderiam dar certo.
Percebeu no sutil recompor-se:
ela amor, ele era sexo.  

©rosangelaSgoldoni
21 08 2020
RL T 7 04 5343

terça-feira, 18 de agosto de 2020

COLHEITA





Tentava decifrar os enigmas expostos pela vida
à revelia da sua vontade.
Cobrada em decisões definitivas,
não recuava diante das encruzilhadas reservadas.
O caminhar nas dúvidas estancava-se à primeira oração.
“Que não me perca pelos caminhos escolhidos!”
Reencontrava-se cada vez mais forte a cada nova opção.
Chegado o tempo de colher,
agradeceu os relâmpagos que iluminaram sua caminhada
com um sorriso espraiado sobre o amanhecer.

©rosangelaSgoldoni
17 08 2020
RL T 7 039 700

sábado, 15 de agosto de 2020

I SARAU POEMAS À FLOR DA PELE PARA O CULTURA ALTERNATIVA (organização de Soninha Porto)



A folia rolou solta, obrigada Anand Rao Adusumilli, por mais este espaço à Poemas à Flor da Pele, lindos Claudete Silveira, Presidente, Márcia Fernanda Peçanha Martins, Vice e Conselheiros Basilina Pereira e Rosângela S GoldoniErnesto Braga e a nova sócia Magalhe Oliveira, foi show! Deixem seus likes! Gratidão!
(texto Soninha Porto)


I Sarau Poemas à Flor da Pele para o Cultura Alternativa Organização Soninha Porto










quarta-feira, 12 de agosto de 2020

VIDA EM METAMORFOSE





Aprendera a esquivar-se
das esquinas da vida
onde os espantos a surpreendiam
sem testemunhas oculares.
Pesares idos e vividos contemplaram-na
com a claridade sonhada em cores e luminosidade.
A vida merecia uma roupagem estética
além dos cinzas e pasteis;
texturas macias
e poéticas naturalmente gentis.
Finalmente,
rendeu-se à metamorfose!

©rosangelaSgoldoni
12 08 2020
RL T 7 033 744

sábado, 8 de agosto de 2020

BALANÇO POÉTICO



Meu balanço poético sustenta-se nas fibras de um coração pulsante junto à imagem de um mundo em transformação.
Espectadora com poucas expectativas busca, entre versos, a brisa suave da moderação dos senhores humanos do universo.

©rosangelaSgoldoni
28 07 2020
RL T 7 030 227

DORMÊNCIAS

Frio que desperta a insônia, desarruma a cama daquele amor de vez. Destronada a trama, perdeu-se da primavera, não logrou amadurec...