Rascunho versos. Neles, sentimentos.

terça-feira, 1 de maio de 2012

AMOR ALÉM DA VIDA (DEDICADO A MINHA MÃE)




Um dia fui seu bebê,
totalmente dependente.
Seu colo abrigo e carinho,
quando o mundo comecei
a entender.
O tempo passou,
criei asas,
mas perto do ninho
estava.
Os netos multiplicaram
na mesma proporção o amor.
E mais tempo se passou.
Os papéis se inverteram:
assustada e indefesa
assumi o papel protetor.
Hoje entendo e tenho certeza,
até sinto sua presença,
almas gêmeas seja lá onde for.

©rosangelaSgoldoni
04 05 2011
RL T 2 948 071

2 comentários:

  1. Lindoooooooooo Ro!!!
    Adorei a poesia
    e muito mais a sua Biografia!

    Bjus

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Verluci, pela visita e comentário!
    Bjsss

    ResponderExcluir

Seu comentário será bem-vindo!